Tempo:

Expandir a produção leiteira é foco da Secretaria de Agricultura de Erechim

O Compost Barn é uma tecnologia americana que teve início nos anos 80, mas tem ganhado mais espaço nas propriedades recentemente.

Publicado em: 21/07/2021

O prefeito de Erechim, Paulo Polis, e o secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, estiveram visitando nesta terça-feira (20), a propriedade da família Pelicioli.

Os produtores com apoio da pasta da Agricultura, estão investindo no Compost Barn, que vai aumentar a capacidade da produção leiteira, com até 200 vacas em lactação. Conforme o secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, o Compost Barn é o futuro da produção leiteira. “Com essa tecnologia, é possível aumentar a produção. Para se ter uma ideia, a estimativa é que cada vaca possa aumentar de 5 a 10 litros de leite por dia, além do produtor poder controlar a alimentação e as doenças, o que gera melhora na qualidade do leite”, explica.

O prefeito Paulo Polis destacou a importância de investimentos no interior, e do subsidio que tem sido dado pela Prefeitura de Erechim. “É muito importante ver famílias investindo em tecnologia no interior, e nós viemos trabalhando para dar condições necessárias para isso, agregando valor, dando qualidade de vida e rentabilidade aos produtores”, finaliza.

Sobre o Compost Barn

O Compost Barn é uma tecnologia americana que teve início nos anos 80, mas tem ganhado mais espaço nas propriedades recentemente. Se trata de um sistema de confinamento para melhorar o conforto do rebanho, aumentando a capacidade produtiva e diminuindo a área utilizada na produção de alimentos para os animais. A estimativa a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, é até o fim do ano chegar a 15 propriedades que já aderiram a tecnologia em Erechim.

Por Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Erechim